Notícias de saúde

Aeróbica pós-cirurgia de câncer de pulmão reduz o risco de complicações em 50%

Pin
+1
Send
Share
Send

A complicação pós-operatória é uma grande preocupação para pacientes submetidos à cirurgia [de câncer].

Engajar-se em exercícios aeróbicos, como caminhada, respiração, ciclismo e musculação, antes de passar por uma cirurgia de câncer de pulmão pode reduzir a taxa de complicações pós-cirurgia pela metade, segundo um estudo. Os pesquisadores mostraram que os participantes que se envolveram em sessões de exercício de três vezes por semana a três vezes por dia tiveram 48 por cento menor risco de complicações após a cirurgia. Também reduziu o tempo de internação em quase três dias para pacientes com câncer de pulmão. "A complicação pós-operatória é uma grande preocupação para pacientes submetidos à cirurgia [de câncer]", disse o principal autor do estudo, Daniel Steffens, pesquisador da Universidade de Sydney.

"Os resultados também podem ter impacto nos custos de saúde e na qualidade de vida dos pacientes e, consequentemente, têm implicações importantes para pacientes, profissionais de saúde e formuladores de políticas", acrescentou Steffens, em um artigo publicado no British Journal of Sports Medicine. A equipe avaliou 13 ensaios clínicos que incluíram 806 participantes e casos relacionados a seis diferentes tipos de câncer: intestino, fígado, garganta (esofágico), pulmão, boca e próstata. Os programas de exercícios para os participantes, que foram comparados com o atendimento padrão ou aconselhamento, duraram de uma a quatro semanas, com duração média de quinze dias.

Os estudos que relataram sessões mais numerosas de exercício tiveram melhores resultados, sugerindo que pode haver um efeito dose-resposta, observaram os pesquisadores. Além disso, o programa de exercícios também melhorou a qualidade de vida das pessoas que sofrem de câncer de boca e próstata.

Pin
+1
Send
Share
Send